Cresce a proporção de casos de AVC entre pacientes mais jovens

not-1
Fazer sesta reduz risco de infarto do miocárdio, diz pesquisa
29 de dezembro de 2015
not-3
Entenda um pouco mais do colesterol total e suas frações
29 de dezembro de 2015

Cresce a proporção de casos de AVC entre pacientes mais jovens

not-2

Apesar do acidente vascular cerebral (AVC), popularmente conhecido como derrame cerebral, ser uma doença tradicionalmente associada a pessoas mais velhas, um novo estudo publicado na revista The Lancet revelou que o AVC está afetando cada vez mais pessoas jovens e de meia-idade em todo o mundo.

O estudo Global and Regional Burden of Stroke avaliou dados de 1990 até 2000, estimando a incidência de AVC em diversos locais do mundo. Os autores incluíram 119 estudos em sua pesquisa, sendo que estes eram provenientes de países de baixa (58 estudos), e média ou alta renda (61 estudos).

A equipe de pesquisadores, liderada pelo Professor Valery Feigin, diretor do Instituto Nacional de Neurociências Aplicadas da Universidade da Nova Zelândia, compararam os resultados ao longo do tempo para construir uma tendência da incidência de novos casos de AVC em 21 regiões do mundo durante os anos 1990, 2005 e 2010.

O AVC pode ocorrer em qualquer idade e, de longe, a maioria ocorre em pessoas com idade superior a 65 anos. Mas a pesquisa destaca que um número crescente de crianças e jovens estão sendo afetados.Os pesquisadores descobriram que, globalmente, mais de 83 mil pessoas com idades entre 20 anos ou mais jovens sofreram de AVC a cada ano – que é de 0,5% do número total de pessoas afetadas.

Os autores do estudo afirmam: “em 2010, 5,2 milhões acidentes vasculares cerebrais, ou seja, 31%, ocorreram em indivíduos abaixo dos 20 anos ou em adultos jovens até meia-idade (20 a 64 anos).

As causas mais comuns do AVC em jovens diferem pouco das causas de outras faixas etárias e são: hipertensão arterial, tabagismo, uso de drogas (particularmente cocaína, anfetaminas e excesso de álcool), uso de anticoncepcional (principalmente em fumantes), e doenças hematológicas ou do coração.Tem chamado atenção da área médica, algumas causas mais recentes de hipertensão arterial e AVC, como o abuso de energéticos (alguns chegam a ter 500 mg de cafeína por frasco).

Outra causa que vem sendo investigada é o consumo de hormônios anabolizantes, encontrados em muitos suplementos de academia. Os anabolizantes provocam, entre outros males, hipertensão arterial.

Os sintomas do AVC em jovens não diferem muito dos de outras faixas etárias. Os mais freqüentes são: perda de movimento de um braço, uma perna, entortar a boca, alterações na visão, na fala, na audição, síncopes (desmaios).